WHATEVER

Archive for the ‘coisas bizarras’ Category

… que o termo mais procurado no meu blog é “vídeo de pessoas sendo esquartejadas”.

1. Nunca postei sobre isso e nem pretendo, ok?

2. *medo*

Então, seja quem for que procurou por isso aqui por favor não volte.

Obrigada.

Anúncios

Sexta-feira, 13 de fevereiro, Rio de Janeiro.

Reparem, hoje é sexta-feira 13! Não que eu tenha alguma superstição em relação a esse dia, pelo contrário ADORO!

Mas, sexta-feira 13 de FEVEREIRO, uma semana antes do Carnaval, aí é querer contar muito com a sorte. O que acontece?

Todos os joselitos adormecidos, levantam de suas tumbas e caminham pela cidade. Isso até a quarta-feira de cinzas quando tudo volta ao normal (sic).  O que acontece então, é que mesmo que você vá a um lugar que é exatamente o contrário total de Carnaval, vários Joselitos já estão lá a espreita.

Felizmente eles tornam tudo mais divertido. A falta de filtro dessas pessoas unida a total falta de superego, fazem com que elas sejam capazes de coisas inacreditáveis.

Inclusive, neste momento convido minhas amigas psicólogas a estudar esse fenômeno. Se ser Joselito é inerente ao ser humano. Se é uma condição que surge devido aos fatores externos. Ou se é genético?

Então, tendo explicado a situação, essa conversa toda era para poder postar a melhor frase da noite:

“Como você não quer ficar comigo? Já olhou BEM pra mim?”

Tendo dividido isso com vocês, agora já posso dormir.

Boa Noite.

– É divertido participar de sites de relacionamento postando em português e deixando os gringos bolados porque entendo inglês e eles não sabem nadica de nada de português 😉

– Qual o problema de querer se divertir com um cara “cafajeste”? Também sei ser cafajeste, infame, e ainda posto no Blip “Girls Just Wanna have Fun”. \o/

– Escutem agora correndo já os novos albuns do Beck (totalmente de volta a antiga forma) e do Bloc Party (pra poder esquecer a chatisse do segundo disco).

– Falando em Bloc Party em novembro eles vão estar no Circo Voador!

– Só eu mesma pra ver um documentário sobre Liverpool, porque é sobre Liverpool 😉

– Não eu não vi o Emmy. Não, não to interessada em saber quem ganhou o que no Emmy, obrigada.

– Vamos combinar que o Johnny Lee Miller é o Sick Boy de Trainspotting, nada de Eli Stone! hmpf!

– A partir de hoje estou [FESTIVAL DO RIO MODE: ON]. Ou seja, respiro, almoço, durmo e só falo sobre cinema. (sim, também conhecido como pain in the ass mode: on, hihihihi).

– E falta menos de um mês para ir pra Sampa ver meus amigos queridos do coração 😀

– E um poquinho mais pro TIM Festival. MGMT e Klaxons rules!

– Falando em TIM, viram que vai passar o filme da Madonna (essa mesmo), “Sujos e Sábios” com o Gogol Bordello no Festival do Rio? No mínimo bizarro e sim, eu vou ver…

– E falando sobre Festival e bizarro também vou ver um filme de ficção científica mexicano (Sleep Dealer) e um filme gay da Islândia (Raquela, Uma Cinderela com Algo a Mais).

– Acho que era isso, tô com muito sono e a partir de sexta isso será luxo em minha vida, então: VOU DORMIR! beijoesómeligaemnovembro

Que bizarra essa tirinha da Mafalda em inglês

Muito nervoso.

Perde boa parte do charme, não?

GENTE! O MUNDO TÁ ACABANDO!
JURO!
Atentem para os sinais:
Primeiro morreu o Roberto Marinho, que tooodo mundo sabia que não ia morrer nunca. Mês passado foi-se o Jamelão, outro que eu tinha certeza que já tinha entregado o corpo pra ciência pra ser estudado.
E hoje morreu a Dercy!
GENTE! A DERCY GONÇALVES MORREU!
É O FIM DO MUNDO!

Se o Keith Richards passar dessa pra melhor, acho melhor a gente começar a pensar numa saída, porque o negócio vai ficar feio…


Eu sou uma pessoa que adora provar coisas diferentes e todas as besteiras que o McDonald’s lança. Daí vi a propaganda da promoção da China e fiquei alucinada pra provar o tal stick de arroz.
Bom, desde segunda que na volta do trabalho passo no Mc do caminho e com uma paciência oriental, entro na fila na esperança de conseguir provar o stick. Sempre quando chego no caixa ouço a mesma resposta: “senhora, estamos em falta”.
Daí hoje resolvi apelar e pedir por telefone. Problema resolvido? Claro que não!

– McEntrega Boa Noite, qual seu pedido?
– Boa noite eu queria um stick de arroz e…
– Um o quê? Não temos isso não senhora.
– Tem sim, é da nova promoção da China.
– AH! Os palitinhos que vêm com o sanduíche?
– Isso, mas eu queria só os palitinhos…
– Só vendemos na promoção com o Beijing Burger e a Fanta Mundo China.
– Mas eu não gostei do sanduíche e a fanta é de laranja com MELÃO!!! Não pode ser com um Cheddar e Coca normal?
– Não senhora, só na promoção. E o sanduíche tem agradado muitas pessoas.
– Mas o sanduíche tem hamburguer, alface, molho chinês e MACARRÃO!
– Não senhora, ele vem com Chop Suey.
– Isso, Chop Suey é MACARRÃO!

Desliguei o telefone e liguei pra Domino’s.
Minha pizza chega em exatamente 15 minutos.

Então, semana passada teve um festival de filmes fantásticos aqui no Rio, o RIOFAN, e eu passei boa parte da semana vendo filmes de terror e no fim, na quinta ainda assisti a um filme do Zé do Caixão com a presença dele e tudo no Estação Botafogo. O que aconteceu foi que na sexta eu era um zumbi pertubado e fui dormir tão cansada, tão cansada, mas tãooooooooooo cansada, que acredito que acordei em uma outra dimensão no sábado. Sim porque o que aconteceu comigo sábado só poder ter sido em uma vida paralela.
De manhã fui pra minha animada aula da Pós, que sempre é divertida. Mas nada se compara ao último sábado. Não sei o que “os outros” beberam, fumaram, inalaram, ou sei lá o que, na hora do almoço, só sei que na aula da tarde eles resolveram apresentar uma perfomance (medo!) para o professor, coitado. Alguém cantava “Eu sei que vou te amar”, enquanto outro declamava um poema sobre espermatozóides e no fim tudo fazia parte da resenha de uma terceira pessoa. Bom, isso foi tudo que consegui entender, porque passei boa parte do tempo catatônica e em total vergonha alheia por eles (alguém precisava ter, né?).
Mas para eu ter certeza que eu estava vivendo meu dia em uma outra dimensão, a noite saí com a Thais, sem a Monicake e ficamos ali na Mabel decidindo nosso destino. Por fim acabamos no lugar de sempre e como bebida (a lot) e escuro não combinam, acabei descobrindo que na dúvida leve seu pretê até a luz para não comprar gato por lebre. Não, eu não peguei o xará do Cha-ka, muito pelo contrário, o menino era bem bonitinho, mas figurinha repetida e dos outros, ninguem merece! Pior, que só percebi muito tempo depois, quando fomos até… a luz!
Só sei que já passava das 4 da madrugada, quando eu ia no taxi para minha casa e tenho certeza que ouvi lá longe tocar a musiquinha do Twilight Zone…