WHATEVER

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Em 2009, eu, Daniela Name, Flávia Rocha e Bárbara Pereira decidimos criar um blog em conjunto, depois de uma noite divertida regada a muito vinho. Dali nasceu o “Princesa é Uma Ova“. Infelizmente, a vida atribulada nos afastou do blog e das conversas divertidas regadas a vinho, mas não da amizade, que fique bem claro 😉

Assim, com muita saudade daqui, do meu blog companheiro de anos, decidi retornar ao lar republicando o post de .  A inspiração para o post foi o que pensávamos sobre as princesas dos contos de fada, e a minha “princesa” escolhida foi a Alice, bem antes do Tim Burton confundir todo mundo.

Enfim, leiam o post, que me agradou muito. Por isso quis trazê-lo para cá:

Existem milhares de leituras para “Alice no País das Maravilhas”, conjecturas sobre Lewis Carroll e sua predileção por meninas muito novas, apologia a drogas e por aí vai num mar de interpretações psicoanalíticas. Com certeza ela é o personagem fictício que mais me facina desde muito novinha, quando comecei a me interessar por “estórias de princesas”. Confesso que sempre achei Branca de Neve chata e a Bela Adormecida burra, porque chega num ponto que teimosia vira burrice.

Lembro de pensar, “Por que a Branca de Neve fugia daquele castelo incrível, se ele era dela?” Ah! Colocava a mocréia invejosa da madrasta pra correr e convidava o príncipe pra morar lá.  E A Bela Adormecida então, melhor nem começar… Por isso Alice.

Alice era divertida, curiosa. Caiu num lugar esquisito, completamente diferente do mundo dela e soube aproveitar. Tudo porque estava um dia no seu canto morrendo de tédio, quando viu um coelho branco passar correndo dizendo que estava com pressa. Claro que, como qualquer pessoa antenada, logo achou que ele devia estar indo pra algum lugar muito interessante e o seguiu. Caiu no País das Maravilhas e descobriu que ali era bem legal.

A comida e a bebida davam barato. O pessoal era divertido e acabou fazendo amizades interesantes, como um chapeleiro maluco e uma lagarta doidona. Conheceu um pessoal meio sem noção também, como um gato que ficava pertubando e uma rainha maluca que tinha mania de cortar cabeças. Porque toda pessoa interessante chama atenção e sempre surgem uns ‘sem noção’ pra tentar acabar com a festa.

Mas Alice aproveitou ao máximo e sem um príncipe mala no pé. Encontrou alguns problemas pelo caminho, mas resolveu todos sozinha e com muita classe. Aí é que Alice se torna a mais humana de todas as princesas. Ela acaba se metendo em algumas enrascadas, mas quem nunca foi como ela que atire a primeira pedra. Afinal para poder viver uma vida bacana é preciso experimentar, correr atrás, tropeçar, se aborrecer, mas no fim acaba sendo uma experiência maravilhosa.

Tenho certeza que Alice quando voltou pra casa depois de tudo, olhou pra trás e não se arrependeu de nada. Porque em todos os momentos de apuro ela se meteu sozinha, mas também saiu sozinha. Claro que alguns momentos os amigos ajudaram. Agora, também, qual a graça de viver uma experiência incrível e não ter nenhum amigo por perto?

Alice, ali logo do lado da Cinderela, é a princesa descolada, que quer se divertir e conhecer pessoas e lugares incríveis. Se no fim das contas ainda aparecer um príncipe (como aparece em “Alice Através do Espelho”) é mais um bônus que a gente aceita de bom grado.

 Não é de admirar que a moça virou filme do descoladérrimo Tim Burton. 


		
Anúncios

*Esse post estava perdido nos rascunhos

Na útima quinta No dia 07 de maio combinei com a Ale de sairmos de casa às 19h30, tendo certeza que beeeem antes de 21h30 estaríamos no Metropolitan Citibank Hall.  Ledo engano, quase duas horas depois estávamos na Barra.  Passado o susto, nos juntamos a 8 mil pessoas para assistir ao show do Oasis, para mim, pela segunda vez em 12 anos.

É, eu sei que eles fazem um show altamente tecnico, com tudo muito bem ensaiado, que eles não cantam nenhuma música fora do set já combinado (não, eles não tocaram Live Forever) e que Liam e Noel nem se olham no palco. Podem falar que é tudo marketing, que a banda não é mais a mesma e tal, que não vão me convencer.

Primeiro que é ótimo eles serem tão complicados. Acho mesmo que estrela de rock tem que ser complicada, brigar com o irmão, ser marrento no palco, criar todo um personagem, se possível. Vide David Bowie 😉

Segundo que o show deles pode ser técnico, mas é maravilhoso. O show foi quase perfeito, passeando entre o album novo e os antigos sucessos. O Liam fez graça com a platéia, Noel conseguiu esboçar um sorriso e mesmo sabendo que eles não são mais simpáticos do que isso, já espero pela volta deles.

Assim como no show do A-Ha, mês passado, o show do Oasis me fez voltar ao passado, lembrar de bons momentos, de toda minha tietagem em cima deles e de como eu amo ir a shows. O próximo é do Kooks, SP dia 19 de junho. vamos?

AH! E DEPECHE MODE EM OUTUBRO \o/

O paraiso

O paraíso

Pois é, o Natal é o meu feriado favorito de todos.

O problema é que descobri que ele seria muito melhor em outro hemisfério, porque aqui nesse calor senegalês até penso em avisar na minha cartinha do ano que vem para o Papai Noel, que ele deve vir de sunga, trazer um guarda-chuva poderoso e tosquiar as renas.

Adooooro canções de Natal, mas todas são pura humilhação para nós, pobre mortais que odiamos calor e sonhamos realmente com um “Natal branco”.  

Na verdade gosto tanto de canções natalinas que consegui todo um CD do Billy Idol cantando-as. Sim, bizarro, mas também muito divertido, principalmente as versões de “Santa Claus is Back in Town” e “Jingle Bell Rock” (devidamente blipada). Agora a versão de “Silent Night” é medonha, inclusive acho que vou ter pesadelos graças a ela.

Bom, mas a verdadeira razão para esse post existir é a mais óbvia possível, desejar a todos um excelente NATAL!!!  Que Papai Noel traga a todos os presentes que vocês pediram, além de muita saúde, paz e um dinheirinho, que não faz mal a ninguém.

Eu acabei atrasando minha cartinha pro velhinho, mas incrível, não é que ele lê pensamentos??? E já adiantou o desse ano, meu lindo computador novo \o/lucyxmas

Agradeço a todos que por aqui passaram deixando ou não comentários. Os convido a voltarem ano que vem e continuarem a se divertir comigo. Nem vou prometer escrever mais no blog, porque promessa feita é promessa descumprida, então nem vamos tocar no assunto 😉

No mais, espero que Papai Noel passe aqui no fim da entrega dos presentes e me deixe dar um pulinho na Lapônia e saber como é um lugar frio de verdade. Depois de tormamos uma enorme caneca de chocolate quente e comer muitos cookies feitos pela Mamãe Noel, prometo voltar pro Rio e a pertubar vocês.

É isso aí,

FELIZ NATAL!!! 😀

Resolvi passar aqui rapidinho, não para contar sobre os filmes do festival, ou da confusão da minha Pós e nem pra reclamar da chuva que não pára nunca mais.

Mas parei uns minutinhos para contar que também aderi a campanha Outubro Rosa, agora que li sobre ela lá no blog da Gabi e achei mais do que pertinente vir aqui colar o selinho e ajudar outros a terem consciência também para o problema do Câncer de Mama.

Mudei o layout.

Gostaram da lua? Estou aberta a sugestões…

E agora a pouco conheci o David Lynch!

FELIZ ANIVERSÁRIO PRA MIM 😉

 Hoje eu descobri que existe um Prêmio Dardos, também descobri que fui indicada a ele pela Kaká, do fofo Caderninho da Tia Helô. Obrigada Kaká, me senti super importante sendo indicada a um prêmio, hehehe.

Só não entendi bem como é esse prêmio, mas que seu intuito é “reconhecer os valores que cada blogueiro mostra cada dia em seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc…, que em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras.”

Além disso, também devo seguir três regrinhas básicas:

1 – Postar a imagem do prêmio (que não faço a mínima ideia do que é)

2- Linkar o blog que me indicou (claro, né?!)

3- Indicar mais 15 blogs ao prêmio.

Então, vamos lá:

1- Casa da Gabi; 2- Chip Sheep; 3-Monicake; 4- Delirius Tremens; 5- Cegos, Surdos e Loucos; 6- Um Livro Por Semana; 7- Beijomeliga; 8-Ene a o til; 9-Julia – Ocean Child; 10- Ogrices; 11-blog do Marcelo Copello; 12-ZG; 13-De Salto Alto; 14- Neguinha Subrubana; e 15-Scrap me, Baby